UMA NOITE DE GRANDES LUTAS NO UFC 256 EM LAS VEGAS

No último sábado, dia 12 de dezembro de 2020, em Las Vegas (EUA), o chão, literalmente, tremeu.

Um Card com o chamado “Esquadrão do Brasil”. Um dos “Brazucas”: Deiveson Figueiredo, tentava manter o Cinturão dos Moscas, contra o mexicano Brandon Moreno no principal confronto da noite.

No Card Principal, mais brasileiros no cage: Charles do Bronx, Ronaldo Jacaré, Júnior Cigano, Virna Jandiroba e Mackenzie Dern (americana-brasileira). No Card Preliminar, outro brasileiro, Renato Moicano em sua segunda luta no Peso Leve.

No placar final: 3 vitórias X 3 derrotas para o “Esquadrão Brasil”. Porém, na luta que valia o cinturão, deu Brasil!

Os confrontos ficaram assim:

CARD PRELIMINAR

Peso Pena – Cub Swanson venceu Daniel Pineda por nocaute, no segundo round a 1 minuto e 52 segundos.

Peso Pena – Chase Hooper venceu Peter Barrett por finalização, com uma chave de calcanhar, no terceiro round a 3 minutos e 02 segundos.

Peso Pena – Gavin Tucker venceu Billy Quarantillo por pontos e decisão unânime dos árbitros (30 – 27, 30 – 27, 30 – 27).

Peso Palha – Tecia Torres venceu Sam Hughes por nocaute técnico, após interrupção médica, aos cinco minutos do primeiro round.

Peso Leve – Rafael Fiziev venceu Renato Moicano por nocaute, no primeiro round a 4 minutos e 05 segundos.

CARD PRINCIPAL

Peso Pesado – Ciryl Gane venceu Júnior Cigano por nocaute técnico, no segundo round a 2 minutos e 34 segundos.

Peso Médio – Kevin Holland venceu Ronaldo Jacaré por nocaute, no primeiro round a 1 minuto e 45 segundos.

Peso Palha – Mackenzie Dern venceu Virna Jandiroba por pontos e decisão unânime dos árbitros (29 – 28, 29 – 28, 29 – 28).

Peso Leve – Charles do Bronx venceu Tony Ferguson por pontos e decisão unânime dos árbitros (30 – 26, 30 – 26, 30 – 26).

Peso Mosca – Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno ficaram no empate na decisão majoritária dos árbitros (47 – 46, 47 – 47, 47 – 47, 47 – 47). Melhor para o brasileiro Deiveson que manteve o Cinturão da Categoria.

Duas lutas foram destaques para os especialistas nas Artes Marciais Mistas.

Charles do Bronx dominou Tony Ferguson durante toda a luta e conquistou uma vitória importantíssima para seu cartel. Além disso, foi elogiado por Dana White, Presidente do UFC: – O Charles foi incrível. Ele é um dos melhores do mundo na divisão mais complicada do esporte.

Charles do Bronx apresenta um cartel com oito vitórias seguidas: cinco finalizações e três nocautes.

Na luta principal, no Peso Mosca, Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno travaram um combate épico. O resultado não poderia ter sido outro: empate majoritário, no que pode ser uma das melhores lutas de 2020.

Deiveson trouxe o Cinturão para o Brasil. Porém, ninguém duvida que a revanche já deve estar sendo organizada para o ano de 2021.

O ano que vem promete muito!

Fonte: UFC

Deixe um comentário